Newsletter: como aproximar-se da sua audiência com e-mails periódicos

Newsletter: como aproximar-se da sua audiência com e-mails periódicos

O marketing de conteúdo faz parte da estratégia do empreendedor. Por isso, é interessante investir em diversos canais para entregar informação de qualidade.

O e-mail é um canal muito importante. Além de disparos de campanhas, envios transacionais e mensagens comemorativas, você pode utilizá-lo para enviar newsletter.

Embora se pareça com um e-mail marketing, o objetivo de uma newsletter é se relacionar com clientes e potenciais clientes por meio de envios frequentes de informações relevantes.

Quais as vantagens de ter sua própria newsletter?

O principal benefício de investir em uma newsletter é ter de fato um canal em que a audiência é sua. Redes sociais tem alcance limitado e a qualquer momento você pode ter sua audiência reduzida por conta de alterações de algoritmos – ou até mesmo extinta se a rede deixar de existir. Já sua lista de contatos está a seu alcance. Mas esta não é a única vantagem:

  • É mais uma forma de utilizar um canal de baixo custo: o e-mail;
  • Permite nutrir seus leads, ajudando a movimentá-los para o fundo do funil de vendas;
  • Ajuda a estreitar o relacionamento com clientes;
  • Demonstra autoridade ao compartilhar conteúdos relacionados ao seu negócio.

Como criar uma newsletter?

Divulgue novidades relacionadas ao seu segmento. Você pode dar dicas de livros, materiais, ferramentas e metodologias. Se você tem um blog corporativo, pode selecionar alguns conteúdos para compartilhar com os leitores, utilizando algumas seleções como “novos artigos” ou “mais lidos do mês”.

Vale também ter um calendário com datas estratégicas para enviar conteúdos relacionados, divulgar eventos ou até mesmo fazer uma newsletter temática.

E sim, você pode falar de seu produto ou serviço. Você terá mais sucesso se o fizer dentro de um contexto. Tente focar mais em benefícios e novidades de seu serviço e como ele pode ajudar a resolver os problemas de sua audiência.

Quanto ao layout, você pode contar com a ajuda de ferramentas de automação. Também há modelos disponíveis na internet que você pode utilizar. E há também quem prefira escrever em modo texto – em formato de e-mail pessoal mesmo – divulgando os links no corpo do e-mail.

Como obter leitores?

Além da dedicação ao criar sua newsletter e “recheá-la” com assuntos relevantes, lembre-se de dedicar um tempo de qualidade para construir sua lista de contatos.

Algumas formas de obter leitores mediante o fornecimento do endereço de e-mail:

  • Formulário em seu site ou blog;
  • Formulário offline em eventos
  • Promoções
  • Divulgação em outros canais como e-mail marketing, redes sociais, mala direta, etc.

É importante lembrar que você precisa da autorização de seus contatos para o envio desses e-mails. Essa autorização pode ser feita no momento do preenchimento do formulário ou através de um e-mail solicitando que o contato clique para confirmar sua inscrição (chamada de confirmação de duas etapas).

Como medir os resultados?

As ferramentas de e-mail marketing permitem que você acompanhe números importantes como:

Taxa de abertura

Ajuda a medir se o assunto de seus e-mails está atrativo a ponto de o leitor abrir o e-mail.

Taxa de cliques

Ajuda a medir se o conteúdo ou a chamada para ação são relevantes.

Mapa de calor

Onde seus leitores clicam mais? Por quais assuntos eles se interessam?

Realizar essas análises pode te ajudar a aplicar melhorias e a construir uma newsletter cada vez mais condizente com o perfil do seu público.

Faça testes de assuntos diferentes, horários, chamadas e verifique o que mais traz resultado. Lembre-se de fazer um teste de cada vez, caso contrário você terá dificuldades em identificar o que de fato fez diferença em sua estratégia.

Agora que você sabe como a newsletter pode ajudar no seu negócio, que tal utilizar as redes sociais para receber mais dicas? Siga no Facebook, LinkedIn e Sparkle.

Artigo publicado originalmente no blog Apreendedorismo.

Photo by Thought Catalog on Unsplash .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *